Poder ter poder… poderia ou podaria? Reflexões em torno dos conceitos de poder

Poder ter poder… poderia ou podaria? Reflexões em torno dos conceitos de poder

 

Por Cristiano Bodart
Quando mais novo eu queria possuir o poder… eu queria ter poder! Se poder eu tivesse, eu poderia… se eu o possuísse eu iria poder… ter coisas que me dariam poder, para assim poder possuir mais poder… ingênuo parece que eu era!
.
Acreditava que o poder estava apenas na riqueza econômica; na posse dos bens de produção. Aprendi isso “lendo” Karl Max, sobretudo seus [péssimos] comentaristas. Com Max Weber, comecei a entender que existiam outras fontes de poder, tal como o carisma e a tradição.
.
Depois, tentando entender Pierre Bourdieu, comecei a perceber que o poder também está nos símbolos e que esses são socialmente estruturados, assim como são estruturantes. Percebi que eu, macho, detinha poder sobre a fêmea… foi aí que comecei a não desejar o poder. Percebi que eu, um aspirante de intelectual, tinha poder sobre meus amigos “não estudados”, sobre meu pai quase iletrado… não quero mais o poder…
.
Pensei em deixar todos os simbolismos que me proporcionavam tal “heresia intelectual”… depois, encontrei Foucault. A partir desse momento parece que percebi que minha perspectiva estava “desfocada”… faltava uma pitada de Foucault/foco.
.
Parece que percebi que o poder estaria impregnado em toda parte… em todo o canto. Comecei a perceber que sendo eu um ser cultural em toda a minha vida, para além dos instintos, sou vitimado pela microfísica do poder… parece que voltei à estaca inicial… Tenho o poder que outrora desejava? Nem sei mais se quero poder. Não tenho pod

er sobre mim mesmo… sou vítima direta e constante dele: do poder. Ah! Queria poder desmontar, desfigurar, destruir, destituir o poder. Poderia? A tal microfísica do poder permitiria? Acho que seria podado.

Tipos de poder

Cristiano Bodart

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Docente do Centro de Educação da Ufal.

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Deixe uma resposta

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: